Categorias
Geral

Declaração de interesse público

Uma boa notícia:
Azambuja reconhece interesse público
Sexta, 19 Fevereiro 2010 in “Rádio Cartaxo”
“A Câmara de Azambuja aprovou a declaração de interesse público para dois projectos: um mini-parque temático na freguesia de Manique do Intendente, e um centro equestre.
Este centro equestre recebeu a declaração de Interesse para o Turismo pelo Turismo de Portugal.”

Declaração de interesse público para a instalação de um Centro Equestre
in “O Mirante”
“A autarquia de Azambuja decidiu aprovar a declaração de interesse público para a instalação de um Centro Equestre na Quinta da Ramalheira na freguesia de Manique do Intendente.
A área onde se implantam as instalações está de acordo com a planta do Plano Director Municipal (PDM), contida em solos agrícolas não integrados na Reserva Agrícola Nacional (RAN). O PDM admite a “construção de instalações (…) de reconhecimento público” em propriedades contidas na classe de espaço agrícola não integrado na RAN.

O projecto recebeu a declaração de interesse para o turismo, emitida pelo Turismo de Portugal do Ministério da Economia. A deliberação foi tomada durante a reunião do executivo camarário que decorreu na quarta-feira, 17 de Fevereiro e segue agora para apreciação e votação em Assembleia Municipal.”

Categorias
Geral

BTL 2010

Dentro da dinâmica de divulgação do nosso projecto, participámos integrados no Pavilhão do Município de Azambuja, na BTL2010.

Categorias
Geral

O Local…

Vista panorâmica do topo

Muitas vezes já ouvi a pergunta: “Mas porquê Manique do Intendente? Porquê ali e não outro sítio?”

Se vos confessar que foi apenas obra do destino? Não um destino fácil de alcançar e muito menos rápido, mas aquele sítio chegou um pouco como que por magia…

Há muitos anos atrás, aquele sítio que fazia o meu coraçãozinho bater mais forte, era mesmo o Alentejo, a planície alentejana sempre teve um grande impacto sobre mim, mas o amor pelo o Ribatejo também batia cá dentro.

No início das nossas buscas, isso nem estava em causa, pois até fomos parar para o outro lado do Rio Tejo.

Mas como todos nós tínhamos uma visão, não podia ser qualquer sítio…

As buscas duraram anos, os jornais foram mais que muitos, visita aqui, visita ali, mas nada nos enchia por dentro. Muitas foram as dúvidas: “Mas será que este tem bons acessos?”, “A vista deste não será pobre?”, “Mas ele quer mais dinheiro só pelo o que vamos fazer no terreno??”.

Até que um dia, os meus pais viram num jornal um terreno a um bom preço e aí decidiram arriscar. Nunca tínhamos ouvido o nome da terra, nem o que havia por lá, mas não se perdia nada  em ir ver, certo?

Um eucaliptal, os meus pais apaixonaram-se por um eucaliptal, vejam só! Ainda por cima, sobe-se, sobe-se, sobe-se! E a minha planície?? É certo que em termos de vista, neste conseguem-se ver os campos, os pomares, as vinhas, as casas caiadas de branco, o pôr-do-sol em Monte Junto… Aqui consigo ver um mundo que me tira da realidade.

Admito que não morri de amores por ele no primeiro dia, nem no primeiro mês, mas agora, agora é o meu porto de abrigo, o meu “alivia stresses”, a minha paz interior, a minha paixão!

Vem sentar-te numa tarde de Primavera, a ver um pôr-do-sol, a respirar este ar e diz-me depois se não é tão bom sair da realidade.

Mas esta terra tem algo para contar, porque Manique do Intendente (“mas que nome” dizem alguns) tem história, e essa história fica para a próxima…

Vista da lateral frente, quando era um eucaliptal
Categorias
Geral

Declaração de Interesse para o Turismo

A Herdade da Hera obteve por parte do Instituto de Turismo de Portugal,I.P. a Declaração de Interesse para o Turismo, depois de obtida a Declaração de Interesse Turístico Concelhio de Azambuja.
Esta distinção, obriga-nos a uma maior exigência no serviço que pretendemos prestar quer a clientes quer a turistas que nos visitem.

Categorias
Geral

Divulgação Internacional

Aproveitando a presença do Município de Azambuja no INTUR 2009 de Valladolid- Espanha, iniciámos a divulgação do nosso Centro Equestre, cuja abertura está para breve, no mercado turístico espanhol.

Categorias
Geral

A história

Em tempos em que não era habitual encontrar um Centro Equestre, quando a divulgação deste desporto ainda era muito vaga, eis que nasce uma grande paixão numa criança.

Antes de aprender as letras quis aprender os afectos dos cavalos. O meu primeiro contacto foi através da televisão onde achei aqueles animais muito engraçados. Andei um ano a implorar para tocar num ao vivo, e passado esse ano, um Centro Equestre abre perto de minha casa. A alegria que foi o toque, o afecto, aquele calor e amizade que eles tão bem sabem transmitir, este sentimento faz-me querer estar juntos deles todos os dias.

Foram anos de aulas, treinos, espectáculos, algumas provas e, um dia, acordei e disse: “É isto que me faz feliz”. Foi com grande alegria que senti um apoio enorme por parte da minha família a esta minha paixão.
Talvez tenha sido a minha loucura e a minha persistência que aproximou os meus pais deste meu mundo e que talvez lhes tenha despertado curiosidade e gosto.
Nestes anos todos, esforcei-me muito por subir estes degraus da minha vida, e vou continuar a lutar por subir muitos mais.
Agora estou numa etapa de formação e aprendizagem, a concluir o meu curso da ESAS, que sei que me ajudará muito pelo o que me espera à minha frente. Penso que devemos sempre ir mais à frente na nossa formação, porque vivemos numa era de evolução.

E desde há seis anos que estamos a criar o espaço, a ideia, o futuro de um sonho…

Categorias
Geral

Primeiros passos para o futuro

E todos os objectivos começam de um sonho, sonho esse que nos faz seguir caminhos desconhecidos, ultrapassar barreiras e faz crescer o desejo de chegar ao final da meta.

Mas até os projectos mais básicos necessitam de tempo, dedicação e ajuda dos demais, visto não acreditar em pessoas perfeitas, há que abrir a mente para todos os dias aprender sempre mais.

O que é a equitação? Qual o seu objectivo? O que nos faz apaixonar por estes seres tão mágicos e únicos?

Ao longo dos anos e das várias experiências vividas, fui notando que esta área está em constante evolução, muitas vezes para melhor, outras nem tanto, mas noto um esforço por parte das pessoas envolvidas para o crescimento da modalidade.

Este blog será uma janela que estará sempre aberta, um espaço de inter-ajuda, de lazer, de aprendizagem, para os conhecedores, para os leigos, curiosos.

Sinto que no futuro nos veremos todos a trabalhar com um objectivo comum, o de fazer crescer esta arte tão bela, de ver e sentir como é tão gratificante o elo entre cavalo e homem.

Categorias
Geral

Arranque do blog

Instalado e a funcionar, arranca assim o nosso blog.

Poderá acompanhar através dele o nosso trabalho e as nossas ideias.

T: 263 489 289