A minha amiga Ruca deixou-nos

2013_julho_21 045A Ruca gostava de ir passear. Apesar de 6 ha de espaço, para a Ruca o espaço limitado por vedações não existia. Por vezes só aparecia ao fim de alguns dias. Não sabíamos se por vontade própria ou não, mas sempre regressava a casa. Na semana passada, voltou a sair. Não voltou nem volta mais. Junto a uma festa que alguém chama de transe, jaz morta e arrefeceu. Adeus Ruca.